Coraline e o Mundo Secreto

Um filme muito bonitinho, um tanto quanto assustador para algumas crianças, mais muito bem bolado, uma graça de filme! Os desenhos são bem delicados, com um traço encantador. Assisti ontem. Achei que ia dormir, mais isso é completamente impossível. Ainda mais pra quem tem o nome tão parecido com o dela né, afinal de Coraline pra Caroline quase soa igual, e no filme mesmo eles confundem muito o nome dela com o meu, achei bem divertido…hehehehe…

Esse filme é mais uma animação em stop motion no mesmo estilo de A  Noiva CadáverO Estranho Mundo de Jack, esse último de Henry Selick, também diretor de Coraline.

A historia, como todos sabem, é baseada no livro escrito pelo sempre aclamado escritor Neil Gaiman (autor da maxissérie superlativa Sandman), e enfoca uma menininha que se muda para uma nova casa, longe da cidade. Lá, não muito satisfeita, ela encontra um mundo mágico (sim, lembra O Labirinto do Fauno, mas as semelhanças acabam  aí), que não é  tão mágico assim. Está mais pra um mundo fantástico, com várias coisas estranhas, começando pelo fato de que ela encontra seus próprios pais numa nova versão com botões  nos olhos (é bizarro…). Mas, ao contrário dos seus “verdadeiros” pais, esses se preocupam com ela, fazem tudo o que ela quer. Naturalmente, com coisas do tipo, logo a menina fica muito animada com essa nova realidade. E essa alegria passa quando ela tem que colocar os botões nos olhos, logo ficando assustada e sem saber o que fazer. Logo sua “Mãe ” nesse mundo se revela uma bruxa, cujo o verdadeiro desejo é prender a alma de Coraline nesse seu mundo pra sempre.

O filme tem a cara de Tim Burton, o que não é novidade quando a história tem elementos góticos e sombrios. Mas, aqui o show fica todo por conta de Selick, que mostra que também é talentoso, como demonstrou em O Estranho Mundo de Jack, produzido por Tim. Não coincidentemente, é de Burton também, a animação A Noiva Cadáver que ele produziu com as mesma técnicas de stop motion. O filme tem uma música linda, uma  melodia instigante, às vezes assustadora. Ficou um trabalho de primeira, parecendo coisa de Danny Elfman, o habitual parceiro de Burton.

O filme tem muita emoção, carisma, personalidade… vale a pena assisti-lo sem medo. Um ótimo programa para um dia como hoje, pelo menos aqui em Presidente Prudente, friozinho e chuvoso!! Espero que gostem!!! Um beijo!!

Ps.: Comentário sobre o filme baseados em outros sites…

Sem categoria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s